O projeto

Quem somos nós?

A aprenda² (pronúncia: aprenda ao quadrado ou aprenda a 2) é um projeto piloto, que forma uma comunidade de professores para desenvolverem métodos e ferramentas educacionais de vanguarda que possam ser reaproveitados nos sistemas público e privado de ensino. Somos uma organização social, fundada em 2010, na qual parte da renda é revertida em benefício do próprio projeto.

O que criamos até agora?

Está no DNA de nosso projeto o desenvolvimento de novos métodos. E estamos só no começo!

Língua portuguesa

5 (cinco) apostilas de português para estrangeiros (programa "ALEGRIA"): um método baseado na comunicação oral e escrita, permitindo os alunos estrangeiros, de qualquer nacionalidade, aprenderem português e a cultura brasileira.

1 (uma) apostila de português para estrangeiros (programa Celpe-Bras): um método desenvolvido especificamente para preparar os alunos para o único exame oficial de proficiência do português do Brasil.

72 (setenta e duas) atividades de português para estrangeiros, principalmente cartas do tipo flashcard incluindo figuras e palavras, para que a comunicação oral seja desenvolvida de forma lúdica.

Língua francesa

3 (três) apostilas de francês (programa "LIBERTÉ" (A1, A2, A2B1)): um curso de francês com foco na cultura dos países francófonos.

1 (uma) apostila de francês (programa "VOYAGE VOYAGE"): um método de francês desenvolvido especificamente para brasileiros que vão viajar para a França, para que eles consigam ter autonomia para aproveitar ao máximo a vida cultural, a gastronomia, as compras, etc., durante sua viagem.

3 (três) apostilas de francês do Quebec, desenvolvidas em colaboração com a École Québec (A1, A2, A2B1): esses métodos preparam os alunos que desejam imigrar para o Canadá.

13 (treze) atividades de francês, principalmente cartas do tipo flashcard incluindo figuras e palavras, para que a comunicação oral seja desenvolvida de forma lúdica.

Nosso objetivo?

Uma aula típica em qualquer escola brasileira é quase exatamente a mesma há 200 anos: um professor e 40 alunos que tem de permanecer passivos para absorver as informações passadas através de um quadro negro.

A pergunta que fica no ar:
Com a realidade tecnológica de hoje, é possível oferecer uma aula mais eficiente que esta de 200 anos atrás?

O nosso maior objetivo écombater os sérios problemas educacionais brasileiros ao oferecer aos professores das redes pública e privada ferramentas gratuitas ou de baixo custo, além de métodos de ensino inovadores. Atualmente, as aulas particulares estão servindo de laboratório, permitindo que novos métodos sejam desenvolvidos e testados conjuntamente com os professores e alunos, para depois serem reaplicados em outras instituições de ensino.

Hoje, além do quadro negro e dos livros estáticos, temos a internet com áudio, vídeo, aplicativos sociais, uma infinidade de possibilidades a serem exploradas. Enquanto o Brasil se prepara pouco a pouco investindo na infraestrutura tecnológica das escolas, precisamos começar a pensar no conteúdo pedagógico a ser utilizado quando esta infraestrutura estiver pronta.

Como funciona o projeto?




Workflow do projeto

O Papel do Aluno


Papel do alunoO aluno tem papel central no projeto, por ser o principal testador das tecnologias, fornecendo feedbacks sobre quais métodos ele acha eficaz ou não. Além disso, neste momento (FASE 1 EMBRIONÁRIA) o aluno, ao pagar pelas aulas, é o maior financiador do projeto aprenda2.org.

Papel do professor

O Papel do Professor

Por estar na linha de frente com os alunos recolhendo feedback, o professor contribui diretamente no desenvolvimento e aperfeiçoamento dos métodos tecnológicos e convencionais, principalmente por oferecer uma visão pedagógica. Já contamos com uma comunidade de 20 professores associados ao projeto.

O Papel do Desenvolvedor


Papel do desenvolvedorO desenvolvedor contribui elaborando os aplicativos interativos e jogos educacionais para as diferentes plataformas: tablets, smartphones e PCs. Estes aplicativos serão usados como ferramentas para auxiliar o professor na tarefa de ensinar e o aluno na tarefa de aprender.

Papel da Academia de Desenvolvimento

O Papel da Academia de Desenvolvimento

Nós acreditamos realmente que a tecnologia é a chave para a criação de ferramentas pedagógicas inovadoras. Por esta razão, a Academia de Desenvolvimento é uma parte importante do projeto aprenda2.org. Nas favelas e comunidades carentes, há muitos talentos que precisam somente de uma oportunidade para florescer. A Academia servirá como um espaço de recrutamento destes jovens para ensinar-lhes a profissão de desenvolvedor de software. A partir do momento que estes jovens estiverem aptos a trabalhar nesta área, rica em oportunidades de trabalho, poderão transformar suas próprias realidades e também de suas famílias.

Durante as suas formações, eles participarão do desenvolvimento de ferramentas pedagógicas que serão utilizadas pelo projeto aprenda2.org. Além disso, depois de formados, alguns destes jovens serão contratados para desenvolverem para o projeto, enquanto outros serão absorvidos pelo mercado de trabalho, em particular por empresas parceiras do projeto.

Para ajudar na motivação destes jovens, nos temos a ideia de lhes oferecer um prêmio para o aluno que se destacar: um estágio de alguns meses no Québec, Canadá.

O Papel do Administrador


Papel do AdministradorO administrador trabalha nas tarefas administrativas da aprenda2.org para garantir o funcionamento harmônico do projeto, tais como marketing, administração financeira, organização de eventos, comunicação interna, estabelecimento de parcerias.

Papel do professor

O Papel do Investidor

Estamos vivendo na era do conhecimento em que mais e mais pessoas precisam investir em si mesmas. Quais serão os impactos deste projeto ao proporcionar meios para estas pessoas aprenderem o que elas precisam de maneira mais rápida e eficiente?
Por esta pergunta podemos perceber os diversos impactos positivos que o projeto aprenda2.org pode ter na sociedade. Mas o maior deles é possibilitar o acesso à educação de qualidade para as pessoas menos favorecidas, transformando a realidade destas pessoas de modo que elas possam ter oportunidade de crescimento.
Empresas que investem em ações de responsabilidade social são cada vez mais percebidas como empresas éticas, ganhando o respeito das pessoas, atraindo talentos e gerando uma boa imagem junto aos clientes. No mercado de ações, os papéis das companhias que investem em projetos sociais ou ligados ao meio ambiente já são vistos como mais atrativos.
Pessoas e empresas que acreditam no potencial do projeto aprenda2.org são bem-vindas a investir.

O Papel da Universidade


Papel da UniversidadeO projeto aprenda2.org visa ser um facilitador para a pesquisa e o desenvolvimento, atraindo pesquisadores de universidades para interagir com os experimentos educacionais do projeto. O conhecimento adquirido através desta experiência será disseminado na comunidade científica através de teses acadêmicas. Neste momento já temos uma pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP) envolvida neste papel do projeto.

Por que o francês, português?

Estamos desenvolvendo não só o conteúdo, mas a forma e a abordagem. É como se estivéssemos desenvolvendo uma garrafa (forma), em que o conteúdo pode ser tanto o suco de laranja (francês) como água (português, matemática) e assim por diante. Devido às circunstâncias no momento da criação do projeto, as nossas ideias estavam mais fáceis de serem implantadas através das aulas de idiomas. O francês e português estão sendo somente um ponto de partida para outras disciplinas.

Cronograma de desenvolvimento do projeto

O projeto é dividido em duas fases: FASE 1 EMBRIONÁRIA e FASE 2 MADURA.
Neste momento, o projeto se encontra em sua fase embrionária, em que ainda não é possível visualizar os resultados em relação ao potencial que o projeto tem. O objetivo principal deste estágio é construir as bases e os alicerces para garantir a autonomia do projeto para então chegar à FASE 2 MADURA, onde os resultados do projeto poderão ser amplamente visíveis.

Estes são os principais marcos da fase embrionária do projeto aprenda2.org:

 

Cronograma do projeto

Workflow Fase 1

 

De onde vem a inspiração?

Por Alessandro Orefice

É o filme A CORRENTE DO BEM (PAY IT FORWARD, em inglês) que me deu a maior inspiração para este projeto. Na verdade, este filme conta a história de um garoto que leva muito a sério o dever de casa dado por seu professor: encontrar uma ideia que pudesse fazer do mundo um lugar melhor. E a sua ideia foi simples: fazer o bem para 3 pessoas e garantir que estas pessoas retribuam a ajuda recebida para mais 3 pessoas e assim por diante.

Para entender o contexto, temos que voltar para o ano de 2009: Foi quando num ano sábatico, eu havia chegado à felicidade plena, próximo do máximo que um ser humano pode alcançar. Esta sensação é causada principalmente pelo sentimento de superação, após ter travado várias batalhas dolorosas para realizar os meus principais sonhos em todos os campos: no campo profissional, eu me encontrava realizado, ganhando o prêmio de DESTAQUE DO ANO na empresa em que trabalhava. Eu era bem remunerado e adorava o que fazia, era admirado e respeitado por todos que trabalhavam comigo.
No campo acadêmico, eu tive minhas ideias reconhecidas ao ganhar o 1º lugar no PRÊMIO DE EXCELÊNCIA ACADÊMICA ACCENTURE, com minha dissertação sobre a proposta de desenvolvermos uma tecnologia mais intuitiva, humanizada e universal. Muitas dessas ideias eu quero colocar em prática no projeto aprenda2.

E, por último, e não menos importante, no campo amoroso, eu estava vivendo a cena final de um filme de conto de fadas em que o mocinho que havia sobrevivido à realidade dura da periferia de SP sem se tornar um bandido, de repente estava celebrando seu casamento num castelo na França com o amor de sua vida, Audrey, após vários anos tendo que superar grandes dificuldades e passar por várias provas para continuarmos juntos.

Mas se esta era a cena final de um conto de fadas, um outro filme estava por iniciar. E tudo começou quando Audrey e eu decidimos fazer juntos o CAMINHO DE SANTIAGO DE COMPOSTELA.
Foram 34 dias em que caminhamos cerca de 800 km, quando pude conhecer pessoas maravilhosas e, principalmente, estar em contato comigo mesmo. Muitos dizem que este caminho muda a vida das pessoas para sempre. Comigo não foi diferente, pois o Caminho de Santiago foi uma experiência fantástica de autoconhecimento e me deu toda a confiança necessária para encarar este grande desafio.

Quando você tira um tempo para você, um filme da sua vida inteira passa pela sua cabeça. Você começa a avaliar suas experiências e o mundo ao seu redor. Tudo estava dando certo na minha vida e eu olhava para minha história de vida como uma árvore bonita cheia de frutos. Foi daí que eu quis investigar: de onde tinha vindo a semente que havia originado aquela árvore? Descobri que todo aquele sucesso não teria sido possível se eu não tivesse tido a EDUCAÇÃO dada pela minha família e pelo projeto educacional sem fins lucrativos do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Foi esta instituição que transformou o futuro do menino pobre 'da balsa' do Grajaú ao dar-lhe inserção social através de uma profissão.

A filantropista americana Jacqueline Novogratz observou, ao realizar o seu trabalho na Índia, que "quando você vê as pessoas de baixa renda mesmo que minimamente se movendo para fora da pobreza, uma das primeiras coisas que elas fazem é pensar como tirar as outras pessoas da mesma situação." Isto realmente acontece comigo! Como no filme PAY IT FORWARD, eu me senti na obrigação de retribuir tudo aquilo que me foi dado, através da criação do projeto aprenda². Com este projeto queremos fazer a diferença através da educação, ao contribuir para a construção de um mundo em que possamos nos orgulhar.


Quero saber mais!

Esta é uma série de vídeos para você que chegou até aqui e está com um gostinho de quero mais. Como se trata de um projeto complexo e amplo, é bem possível que você tenha muitas dúvidas sobre ele. Por isso, lançamos aqui uma série de episódios explicativos para cobrir todos os detalhes sobre o conceito e o funcionamento do projeto aprenda².

Episódio: Houston, we have a problem!

Antes de entender o projeto, é preciso compreender de verdade o problema que o projeto visa atacar. "Houston, we have a problem!" é a frase célebre dita pela equipe da Apollo 13 no momento em que eles descobriram um grave problema na missão. Você saberia dizer qual é o real problema que o projeto aprenda² debate aqui?

Fale com a aprenda²