Hospede-se com uma família brasileira

May 2, 2017

Viva com uma família brasileira e desfrute de uma real imersão na cultura do pais!

Compartilhar os usos e costumes de uma família local oferece a oportunidade de praticar o português diariamente além de ricas trocas culturais com os anfitriões. Essa é a melhor opção para estar em contato com o dia-a-dia dos brasileiros e aprender coisas fascinantes. Além disso, foi comprovado que o contato diário com o idioma e a cultura aumentam consideravelmente a curva de aprendizagem.

Contudo, um período de adaptação pode ser necessário. Morar com novas pessoas em um universo desconhecido não é fácil, embora a cultura brasileira seja considerada calorosa! Aqui estão algumas dicas para tirar pleno proveito da sua estadia:

Levar um presente para sua família anfitriã pode ser uma boa ideia! Trazer um pouco do seu país de origem poderá ser uma lembrança que seus anfitriões terão de você!

Comunique e conheça a sua família! Seja aberto/a à discussão, participe das atividades que seus anfitriões oferecem e saiba aceitar diferenças! É provável que os brasileiros aguardem ansiosamente para falar com você. Eles poderão aprender tanto sobre a sua cultura quanto você poderá aprender sobre a cultura deles.

NÃO CRITIQUE!

Os brasileiros não estão acostumados à criticas e podem ficar ofendidos com alguns comentários que podem parecer insignificantes para você. Na sua família, evite os comentários negativos.

Os hábitos alimentares da maioria dos brasileiros podem ser diferentes dos seus. A maioria come arroz e feijão todo dia, acompanhados de verduras (salada, tomates, cebolas) e da chamada « mistura » (carne, peixe ou ovos).

É normal estar com saudades do seu país de origem e se sentir um pouco desestabilizado! Isso se chama choque cultural, que são todas as emoções sentidas depois da chegada em uma nova cultura. Existem três etapas: a lua de mel, em que se interpreta a cultura num jeito romântico; o sofrimento, na qual se sente estrangeiro a essa cultura; o ajustamento, em que aprende a adaptar-se a essa cultura. Leve em conta que todo mundo passa por este processo e sempre lembre porque você escolheu fazer essa viagem.

A SEGURANÇA

Respeite a lista de recomendações do consulado do seu país.
Estar precavido sobre a segurança no Brasil e seguir algumas recomendações pode ser relevante. No entanto, é fácil evitar riscos e passear tranquilamente! Habituamo-nos rapidamente a esses conselhos que permitem evitar 95% dos problemas! Lembre-se de prevenir a sua família anfitriã se você for chegar mais tarde que o normal; isso pode evitar que eles se preocupem sem motivo.

As casas e os apartamentos brasileiros não têm aquecedor. Aconselhamos levar casacos e um pijama quente, pois as noites podem ficar frias, especialmente em julho e em agosto (até 10 graus). É geralmente mais frio em São Paulo que no Rio de Janeiro, em razão da sua altitude relativamente alta.

A maioria dos chuveiros funciona com eletricidade. Precisa ter cuidado com o fluxo da água que deve ser suficiente para não queimar o sistema. Também jogue o papel higiênico na lixeira e não na privada. De fato, as canalizações são estreitas e jogar o papel diretamente na privada pode entupi-las.


DEPOIMENTOS

« A família anfitriã foi muito educada e amável comigo. As refeições foram muito boas. A estadia na casa foi agradável. Foi interessante aprender sobre a história brasileira. Fiquei surpresa com as misturas culturais existentes no país e os impactos dessas misturas na população brasileira. Não foi difícil acostumar-se. Gostaria de renovar a experiência! » Alejandra, Argentina, foi hóspede no Rio de Janeiro.

« Minha estadia no RJ foi incrível, ficar em casa de família foi uma experiência muito boa, da qual gostei muito. O primeiro dia foi difícil, me adaptar a outra cultura diferente da minha, mas com o passar dos dias isso foi diminuindo. Custou-me acostumar à culinária do Brasil, já que é bem diferente da culinária argentina. Tudo foi bom, ficar com uma família desconhecida foi muito significativo, pude aprender muito e voltaria sem dúvida. » Maria, Argentina, foi hóspede no Rio de Janeiro.

« Eu adorei minha experiência com uma família brasileira. O que me marcou foi o bom humor constante e a hospitalidade incrível. A família onde fiquei fez muitos esforços para que eu me sentisse em casa. Os brasileiros são muito curiosos e gostam sempre de saber mais sobre como as coisas se passam no seu país. Eu pude aprender como os hábitos deles são diferentes dos nossos, especialmente durante as refeições. No Brasil coloca-se tudo sobre a mesa e as pessoas se servem. A família é também mais importante, eles moram com os irmãos, as irmãs, os tios, as tias… Em resumo, nunca ninguém se aborrece! » Audrey, Francesa, foi hóspede em São Paulo.


NOTA

Todas as famílias são selecionadas pela escola aprenda² de acordo com sua hospitalidade, simpatia e o conforto das suas casas. Elas também são acompanhadas por um(a) profissional da escola.

Tags: , , , , , , ,